Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Contador de população mundial

Mäyjo, 30.09.15

Neste espaço (http://www.poodwaddle.com/clocks2pw.htm) há estimativas diversas em tempo real: estatísticas de nascimentos, óbitos, população... 

Os dados são compilados de  bancos de dados da ONU e outras organizações mundiais. As atualizações em tempo real são estimativas projetadas por algoritmos matemáticos.

 

Para veres o relógio a funcionar, clica na imagem.

relógio mundial.jpg

 

Fonte: poodwaddle

Medidor de população, natalidade e mortes em tempo real!

Mäyjo, 29.09.15
 

Quem é o mais poluente, o mais corrupto, o mais transparente, o mais comunicativo?

Mäyjo, 07.05.15

Dados sobre os países de todo o mundo e que estavam dispersos por 80 fontes diferentes, como o Banco Mundial ou as Nações Unidas, estão agora reunidos num único portal. E há revelações sobre Portugal, que contribuiu para o desenvolvimento do projeto.

Portugal está entre os países com maior esperança de vida à nascença, mas entre os 15 piores do mundo há três Estados de expressão portuguesa. Em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau morre-se, em média, antes dos 55 anos.

Esta é apenas uma das conclusões possíveis de tirar numa pesquisa rápida ao GlobalStat, a maior base de dados mundial sobre desenvolvimento humano e globalização, criada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) e pelo Instituto Universitário Europeu e lançada esta quinta-feira em Florença.

O portal, disponível a partir de hoje em www.globalstat.eu, reúne estatísticas dos últimos 50 anos relativas a todos os 193 países da Nações Unidas, agregando mais de 500 indicadores em áreas que vão da demografia à saúde e ao desenvolvimento económico, passando pela alimentação, ambiente ou grau de liberdade democrática. Até agora, estes dados estavam dispersos por 80 fontes diferentes, como o Banco Mundial, as Nações Unidas, o Eurostat ou a Organização Mundial do Trabalho.

De acordo com Nuno Garoupa, presidente da FFMS, o projeto é “absolutamente pioneiro”, uma vez que permite analisar dados que, por estarem tão dispersos, eram até agora difíceis de procurar e de cruzar. Além de reunir a informação desde 1960 até à atualidade, o portal torna os dados comparáveis, nomeadamente em termos de moeda.

Através do GlobalStat é possível saber, por exemplo, que o Mónaco é o país menos poluente do mundo e os Estados Unidos os que mais emitem CO2, que a Somália é o estado mais corrupto e a Dinamarca o que tem mais transparência ou que o Gabão é onde há mais telemóveis por 100 habitantes.

O portal também permite perceber melhor a posição de Portugal no mundo. Já agora, sabia que somos o 82º país mais pequeno do mundo, mas o 26º com melhor esperança de vida à nascença? Morre-se, em média, aos 80 anos, um valor próximo do Japão, que lidera esta tabela, e quase 30 anos acima do que acontece em Angola, Moçambique ou Guiné-Bissau.

“É um projeto muito importante que permite melhorar o debate público, dando mais informações aos cidadãos, que assim podem exercer um melhor escrutínio democrático. E é também fundamental para as nossas políticas públicas, que serão tão melhores quanto mais informadas forem”, frisou o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, que esteve esta quinta-feira presente no lançamento do GlobalStat, em Florença. 

As piores estatísticas de cada país europeu

Mäyjo, 20.01.15

As piores estatísticas de cada país europeu

E se juntássemos o pior da União Europeia, que tipo de país teríamos? O Thrillism pesquisou algumas das piores estatísticas de cada país e elaborou o perfil dessa hipotética federação. 

Áustria: mais jovens fumadores

Por alguma razão, os jovens austríacos pensam que fumar é charmoso: todos os dias 29,4% dos austríacos entre os 15 e os 24 anos puxam do cigarro todos os dias.

Bélgica: piores congestionamentos de trânsito

As duas cidades com pior trânsito do mundo, Bruxelas e Antuérpia, são belgas

Bulgária: pior liberdade de imprensa

Numa altura que se fala tanto de liberdade de imprensa, há que referir que um dos países com pior liberdade de imprensa encontra-se na Europa, a Bulgária.

Croácia: menor número de Erasmus

Os croatas não se interessam muito pelo programa de troca de estudantes europeu, o Erasmus

Chipre: menor número de jovens de 18 anos na escola

Não há muitos cipriotas de 18 anos na escola, pelo menos quando comparado com o resto dos países europeus

República Checa: pior país no que toca à “escravatura moderna”

Segundo o Thrisllist, a República Checa lidera o tráfico de mulheres na Europa

Dinamarca: Menos Zaras per capita

Não é necessariamente uma má estatística, mas a Dinamarca não é conhecida por índices excessivamente mórbidos. Ainda assim, aqui fica a notícia: existem apenas duas lojas Zara no país.

Estónia: maior discrepância entre salários de homens e mulheres

Na Estónia, uma mulher ganha menos 27,3% que um homem que faça a mesma função.

Finlândia: maior taxa de depressão

Com tão pouco sol, não era de esperar outra coisa: a Finlândia é o país da Europa com uma maior taxa de depressão.

França: menor fluência em inglês

Outra estatística que não traz grandes surpresas: a França é o país onde se fala pior inglês.

Alemanha: menor taxa de proprietários de casas

Os alemães adoram arrendar casa – segundo o Thrilist, existe uma razão: eles já são proprietários de muitas casas gregas e espanholas. Má-língua!

Grécia: maior dívida externa

No final de 2013, a dívida externa grega tinha estabilizado nos 130% do seu PIB.

Hungria: maior IVA

Portugal fica muito próximo, mas é a Hungria que tem um IVA mais alto na Europa: 27%.

Irlanda: maior taxa de fibrose cística

A Irlanda tem a maior percentagem de fibrose cística da Europa: um caso por cada 1.800 nascimentos.

Itália: Maior evasão fiscal

Cerca de €200 mil milhões (R$ 631 mil milhões) por ano são perdidos devido a impostos não pagos pelos italianos.

Letónia: maior percentagem de presos

Cerca de 305 em cada 100.000 habitantes da Letónia estão presos.

Lituânia: maior taxa de suicídios

A Finlândia tem a maior percentagem de deprimidos, mas é a Lituânia quem lidera nos suicídios.

Luxemburgo: Menor gasto em educação

Em 2007, o Luxemburgo gastou apenas 3,15% do seu PIB para financiar a educação.

Malta: país onde é mais complicado abrir um negócio

Não existe simplex em Malta: o país está no 161ª lugar, numa lista de 189 países compilada pelo Banco Mundial, onde é mais difícil abrir um negócio.

Holanda: maior percentagem de ciclistas mortos em acidentes na estrada

A Holanda é um dos países com maior número de ciclistas do mundo, mas também de mortes na estrada ligadas aos utilizadores de bicicleta.

Polónia: menos médicos per capita

A Polónia não é um bom país para adormecermos, uma vez que existem poucos médicos per capita.

Portugal: menor taxa de nascimento

Não é novidade nenhuma: Portugal é um dos países onde menos se nasce no mundo – e na Europa.

Roménia: menos cinemas per capita

Os romenos não são grandes fãs de cinema, a julgar por esta estatística ligada ao entretenimento.

Eslováquia: maior abstenção

Apenas 13,05% da população eslovaca vota regularmente. Sim, 13,05%!

Eslovénia: mais mortes ligadas ao alcoolismo

Alguém tinha de liderar nesta estatística, mas o Thrillism não exibe quais os números.

Espanha: maior taxa de abandono escolar

Os nossos vizinhos não são grandes estudantes: cerca de 23,5% não completa o ensino obrigatório.

Suécia: Menos camas de hospital per capita

Aqui está uma estatística interessante. Será que a Suécia tem menos doentes que os outros países?

Reino Unido: maior utilização de cocaína

Para além da cocaína, os britânicos também lideram na utilização de anfetaminas, ecstasy e LSD.

Foto: Caitlin Regan / Creative Commons